Com o passar da época desportiva começam também a chegar as grandes decisões na Orientação Pedestre. Nos passados dia 22 e dia 23 de abril realizaram-se os Campeonatos Nacionais de Distância Média e Estafetas, numa organização da Associação de Deficientes das Forças Armadas (ADFA) - Delegação de Évora. 

A Freguesia de Landeira recebeu no sábado os Campeonatos Nacionais de Distância Média. Num terreno típico de montado alentejano, com progressão rápida e muitos detalhes de relevo, proporcionou aos atletas um percurso rápido. Da participação do Natura destaque para o setor feminino, nomeadamente para os 2ºs lugares de Hermínia Tavares (D60) e Carla Macedo (D21B), e o 5º lugar de Susana Almeida (D21A). No escalão máximo da orientação nacional, Miguel Nóbrega não acompanhou o ritmo e alcançou apenas o 16º lugar, numa prova que acabou por ser anulada. 

No domingo realizaram-se as esperadas estafetas, uma prova apreciada por todos pelo ambiente de festa envolvente. O Natura participou com duas equipas, uma em Seniores Femininos e outra em Seniores Masculinos. A equipa feminina composta por Sofia Pinto, Susana Almeida e Carla Macedo alcançaram o 6º lugar. Já a equipa masculina acabou por ser desqualificada por um erro do atleta Miguel Nóbrega no segundo percurso.

As grandes emoções da orientação pedestre voltam no fim de semana de 20 e 21 de maio em Constância e Abrantes com os Campeonatos Nacionais de Distância Longa e Sprint

Published in Orientação

Hermínia Tavares do Clube de Orientação de Viseu mostrou que está numa excelente forma ao alcançar a vitória nos Campeonatos Nacionais de Distância Longa e Sprint no escalão D60. Depois dos títulos ibéricos de distância média e longa, Hermínia Tavares alcança mais duas importantes vitórias.

Numa organização da secção de Orientação da Associação de Deficientes das Formas Armadas (ADFA), os Campeonatos Nacionais de Distância Longa e Sprint decorreram na Marateca e Palmela, terrenos que acolheram os Europeus de Orientação em 2014.

No primeiro dia realizou-se a distância a longa em terreno de montado Alentejano, onde para além da vitória de Hermínia Tavares, destacou-se Sofia Pinto com um 3º lugar em D21A. Já no segundo dia do evento, a zona história de Palmela recebeu cerca de cinco dezenas de atletas que lutaram pelo melhor tempo nos diferentes escalões. Aqui não foi só Hermínia Tavares a brilhar mas também Tiago Reis com o 3º lugar em H40, Susana Almeida com o 1º Lugar em D21A e Miguel Nóbrega com o 3º lugar em H21A.

A Taça de Portugal Vitalis de Orientação continua nos próximos dias 11 e 12 de Junho, em Arraiolos. 

Todos os resultados aqui

Published in Orientação